Assoreamento da ligação da Lagoa de Óbidos ao Mar

Imprimir
Criado em quarta, 23 maio 2018, 14:26

Lagoa de Obidos

1 - O PCP expressa a sua solidariedade para com os Pescadores e Mariscadores da Lagoa de Óbidos que exigem a intervenção do Governo e autoridades competentes para desbloquear a ligação desta lagoa ao mar.
 
A actual situação é recorrente e insustentável. Põe em causa os níveis de oxigenação e renovação das águas da Lagoa, essenciais ao normal desenvolvimento das espécies e ao equilíbrio e preservação dos ecossistemas.
 
Para além da produção de bivalves de grande qualidade (Ameijoa, Berbigão, Ostras), a linha de interface da Lagoa de Óbidos com o mar é vital para a reprodução de várias espécies, sendo zona de desova por excelência de espécies piscícolas como o Robalo, o Sargo, a Corvina, o Linguado ou o Polvo.
 
 
 2 - O PCP considera urgente o desassoreamento da “embocadura” da referida lagoa, para que as espécies que ali se desenvolvem não corram riscos desnecessários, colocando, por arrastamento, em sérias dificuldades, centenas de pessoas que dependem directamente da lagoa para viver. Considera igualmente urgente a intervenção há muito programada, no fundo da Lagoa, na zona do Braço da Barrosa, factor determinante para impedir o recorrente bloqueio da “aberta”.
 
 
 3 - O PCP sublinha que a intervenção de desassoreamento deve ser periódica e programada e deverá ser enquadrada num plano nacional de dragagens que possa defender não só o equilíbrio e sustentabilidade ambiental, mas também a segurança de pessoas e bens nos casos dos portos, barras, canais de navegação, etc.
 
O PCP sublinha o carácter urgente destas intervenções de forma a garantir a preservação dos ecossistemas, a manutenção dos muitos postos de trabalho directa e indirectamente ligado à Lagoa de Óbidos e a defesa das comunidades locais que dela dependem para o seu desenvolvimento.
 
 
 4 - O PCP destaca a necessidade de a par com as intervenções de desassoreamento se proceder à despoluição da Lagoa e ao combate às descargas poluentes.
 
 
 5 – O PCP considera que, dada a sua importância ambiental, social e económica, a Lagoa de Óbidos deve ser classificada como paisagem protegida de âmbito regional.
 
 
 6 – O PCP informa que uma delegação do PCP, integrada por dirigentes regionais do Partido e pelo deputado do PCP na Assembleia da República, Bruno Dias, se deslocará na próxima Segunda Feira dia 28 de Maio, à Lagoa de Óbidos, tendo previstos contactos com mariscadores e pescadores.
 
 
 22 de Maio de 2018
 
O Gabinete de Imprensa da Direcção da Organização Regional de Leiria do PCP
 
2018 Organização Regional de Leiria do PCP | www.pcp.pt | Joomla Templates Free.