Artigos

DEFESA DA LINHA DO OESTE AVANÇOS NUMA LUTA QUE É PRECISO CONTINUAR

Imprimir
Criado em quarta, 31 outubro 2018, 21:45

linha do oeste

Comunicado do Secretariado da Direcção da Organização Regional de Leiria do PCP
 
A Direcção da Organização Regional de Leiria (DORLEI) do Partido Comunista Português considera que a reposição no próximo dia 4 de Novembro dos horários da Linha do Oeste anteriores a 5 de Agosto constitui, a par com o reforço do número de composições em circulação, um avanço na luta por um serviço público de qualidade no transporte ferroviário de passageiros.
 
A decisão da CP de repor as ligações directas entre as Caldas da Rainha e Coimbra e vários outros horários que garantem uma melhor oferta para os utentes - e que poderão fazer voltar à Linha do Oeste aqueles que foram forçados a abandonar a sua utilização -  é também uma importante conquista das populações e da Comissão Para a Defesa da Linha do Oeste, que o PCP saúda.
 
Contudo, a DORLEI do PCP sublinha que os gravíssimos problemas e a inaceitável desresponsabilização do Estado pela Linha do Oeste estão longe de estar resolvidos.  As populações do Distrito de Leiria, bem como de outros distritos, necessitam e têm direito a uma linha ferroviária requalificada e modernizada, que asseguro o direito à mobilidade, contribua para o desenvolvimento económico equilibrado do litoral oeste e para a preservação do meio ambiente. São precisos novos passos.
 
Assim, a DORLEI do PCP considera que o Governo e a CP não podem adiar mais as seguintes medidas:
 
-  Aumento do número de composições a circular e substituição das actuais por composições novas, de modo a que não voltem a acontecer as recorrentes supressões diárias.
 - A aprovação de um plano, com correspondente linha de financiamento público, para a reabilitação e modernização de estações e apeadeiros, que garantam a necessária comodidade e informação aos utentes.
- A concretização do projecto de electrificação e automatização da Linha do Oeste, ao longo de todo o percurso entre Meleças e Louriçal.
 
Da parte do PCP a intervenção em defesa da Linha do Oeste vai prosseguir:
 
a.Por iniciativa dos deputados do PCP no Parlamento Europeu, a Comissão Europeia reconheceu a possibilidade da utilização de fundos da União Europeia na modernização da Linha do Oeste, nomeadamente da infra-estrutura (ou seja a duplicação da via em alguns troços e a sua electrificação é elegível) e para aquisição de equipamentos informáticos. O PCP exige agora que o Governo e a CP não desperdicem fundos e esta oportunidade.
 
b.O PCP informa também que, no quadro da discussão do Orçamento do Estado para 2019, o seu Grupo Parlamentar apresentou uma proposta com dotação orçamental para a aquisição urgente de material circulante para melhorar o transporte de passageiros na Linha do Oeste.
 
Como as conquistas agora alcançadas comprovam, é possível, pela mobilização popular e com a intervenção do PCP, avançar na requalificação e modernização da Linha do Oeste e na defesa de um serviço público de transporte de passageiros de qualidade. Nessa luta, que acaba de alcançar uma vitória, e que deve ser continuada e intensificada, as populações terão, como sempre tiveram, do seu lado, o Partido Comunista Português.
 
31 Outubro 2018
O Secretariado da Direcção da Organização Regional de Leiria
do Partido Comunista Português